Gerenciamento de Riscos

RISCOS E SUAS SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS

Todos os campos da atividade humana dependem de conhecimento, experiência, objetivos e uma visão estratégica, que indique os caminhos a trilhar e ainda dos riscos que representam obstáculos à consecução dos objetivos, mas também revelam oportunidades e diferenciais que podem resultar no sucesso ou no fracasso do empreendimento.

No meio empresarial, mais do que nunca, considerando o nível de tecnologia e a velocidade com que as informações transitam e interferem no negócio, é impensável uma boa gestão sem o concurso dos recursos tecnológicos.

Em primeiro lugar cabe destacar que as informações necessárias ao gerenciamento de riscos e de capital exigem especialização em múltiplas áreas de conhecimento, bem como experiência de especialistas em áreas tais como: Planejamento Estratégico, Controladoria, Orçamentos e Riscos. Com o uso do sistema todos estes conhecimentos estão nele incorporados de forma pratica e natural.

Considerando estes pré-requisitos e ainda os custos de implantação com planilha Excel ou outras ferramentas não especializadas, bem como custos de operacionalização e guarda de informações os custos finais seriam substancialmente mais elevados e os resultados obtidos não teriam a abrangência e qualidade que o sistema permite. 

Esta visão nos levou a buscar o atendimento a partir do desenvolvimento de ferramentas tecnológicas idealizadas com alinhamento aos melhores conceitos e práticas de mercado, beneficiando a Instituição com soluções de alto nível e com custo suportável.

Resumindo, destacamos dentre os fatores considerados para esta conclusão:

i) necessidade de profissionais especializados; 

ii) as desvantagens de toda solução adotada em planilha Excel, tais como:

  • utilização de grande numero de formulários – controles de ativos, fatores de risco, marcações a mercado, receitas, despesas, quadro de pessoal, projeções de balanço, demonstração de resultados, fluxos de caixas; relatórios de riscos; estimativas de capital, etc;
  • necessidade de consolidações; 
  • segurança das informações; 
  • controle de processos;
  • importação de dados de múltiplas fontes e outros;

iii) eventual necessidade de apoio da Consultoria para implementação e customização a cada Corretora; 

iv) o custo final do gerenciamento manual.